A previsão para 2020 é de 46% das empresas a contratar

Contratar

Apenas 6% prevê baixar o número de funcionários, mas 48% afirma manter os seus colaboradores e contratar pessoal.

De acordo com o estudo da Total Compensation Portugal realizado pela Mercer que analisou este ano mais de 111,6 mil postos de trabalho em 430 empresas no mercado nacional, 46% das empresas têm intenções de contratar novos colaboradores no ano de 2020.

Apesar de a tendência de recrutamento ser elevada, 48% das organizações afirma que irá manter o número de funcionários e 6% prevê a redução do seu número.

Este ano, os aumentos salariais situam-se, em média, entre 1,97% e 2,32%, variando consoante os níveis de responsabilidade. Nas previsões para 2020, o estudo verifica um ligeiro aumento percentual para alguns dos grupos.

PSP lança concurso para recrutamento de agentes

 

A maior variação do aumento salarial previsto para 2020 acontece nos cargos comerciais e de vendas. Chefias intermédias, quadros superiores e administrativos são as posições que verão um menor aumento salarial no próximo ano.

A maioria das empresas (92%) concede um plano médico aos seus colaboradores. O seguro de saúde é muitas vezes disponível aos familiares. São alguns benefícios ao colaborador na altura de contratar.

Cerca de 60% das empresas concede dias de férias extras aos seus colaboradores, o que representa um aumento de 4% em relação a 2018. Em 36% das empresas participantes no estudo da Mercer, as despesas associadas à educação dos colaboradores são asseguradas pela empresa (em média em cerca de 69% do custo total), estabelecendo-se em alguns casos um valor máximo limite. Cerca de 28% das empresas participantes atribuem subsídio escolar aos filhos dos colaboradores e cerca de 12% concede subsídios de creche.

A Mercer analisou ainda o salário-base anual dos recém-licenciados, no primeiro emprego, que se situa tendencialmente entre os 12704 euros e os 16594 euros.

No que diz respeito aos principais benefícios atribuídos pelas empresas em Portugal, destacam-se as áreas da saúde, pensões, férias e educação.

Artigos sugeridos

Luis Nunes

Apaixonado pelo marketing online e offline, redes sociais, música e desporto. Energético, auto-motivado e sempre ansioso por novos desafios, dedica toda a energia ao marketing digital e à criação de marcas.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos