Ministério da Educação cria mais escolas para atletas-estudantes

atletas-estudantes

As primeiras Unidades de Apoio ao Alto Rendimento na Escola, uma rede de escolas para atletas-estudantes, foram implementadas em 2017. O Governo anunciou agora um reforço do programa.

O projeto de apoio a atletas-estudantes tem vindo a crescer consideravelmente nos últimos anos, pelo que o Ministério da Educação anunciou um reforço para o ano letivo de 2019/2020.

Segundo o Governo, no próximo ano letivo, cerca de 600 alunos vão usufruir das Unidades de Apoio ao Alto Rendimento (UAARE). O grande objetivo desta rede de escolas é ajudar atletas de alta competição, a conciliar a preparação desportiva com bons resultados escolares.

Aldi vai triplicar número de supermercados em Portugal

Unidades de apoio a atletas-estudantes

Segundo o jornal Público, à rede já existente da UAARE, são acrescentadas mais três. A iniciativa foi conduzida a pensar sobretudo em estudantes do 3.º ciclo do ensino secundário, apesar de envolverem também estudantes mais novos.

No que diz respeito às modalidades, são abrangidas cerca de 40, desde a canoagem à ginástica. Também segundo o Público, nos primeiros sete meses de 2019, os alunos da UAARE garantiram 17 lugares no pódio de competições mundiais e outros 18 em competições a nível europeu.

Também os índices de aproveitamento académico tem revelado sinais encorajadores, isto porque o índice de sucesso dos estudantes/atletas foi de 93,5% no final do ano letivo de 2018/2019 — margem bastante acima da média nacional. Nestas unidades, os atletas-estudantes têm acesso a plataformas e redes de aulas que se coadunam com as suas necessidades durante tempo de estágio e competição.

Os sinais positivos deste projeto indicam que em breve deixará de ser um projeto-piloto, passando a uma rede escolar sólida. As novas unidades a serem acrescentadas às 16 existentes, serão em Lagoa, Leiria e Lisboa.

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos