Como Avaliar um Currículo de forma eficaz

jobinice-como-avaliar-curriculo

Avaliar um currículo torna-se uma tarefa difícil quando uma empresa recebe centenas de currículos por mês.

No meio de tantos candidatos, qual é a forma mais eficaz para encontrar a pessoa certa para um cargo? Hoje, respondemos a essa questão.

1. Conhecer bem o cargo

Num recrutamento é preciso ter em atenção o que é requisitado para o cargo. As empresas, instituições ou agências de recursos humanos devem saber exatamente qual é a experiência, as responsabilidades, a formação, oferta salarial e, até, o domínio das línguas necessárias para o cargo.  Desta forma, irão conseguir criar uma oferta de emprego que atraia os candidatos certos e serão mais específicos a avaliar um currículo.

2. Ser seletivo

Depois de definir a oferta de emprego, o recrutador deve selecionar, pelo menos, três requisitos importantes para o cargo. E, quando analisar os currículos, o ideal é começar a pôr de parte os currículos que não preencham estas expectativas. Assim, facilita o processo de recrutamento, bem como diminui o tempo de procura pelo candidato ideal.

3. Analisar as datas

Muitas vezes, os currículos apresentam lacunas que é preciso ter em conta. Os motivos podem ser porque os candidatos decidiram omitir alguma informação ou porque estiveram sem fazer nada durante esse tempo. É importante questionar nas entrevistas o que sucedeu durante esse período, para conhecer melhor o candidato.

4. Fazer uma triagem inicial

Após a seleção de um currículo, a fase seguinte é a marcação de uma entrevista. No entanto, o melhor é fazer uma triagem inicial, que pode ser através de uma entrevista no Skype ou de um telefonema. Assim, poupa-se tempo e deslocações de candidatos que podem não interessar para o cargo.

5. Avalie o aspecto do currículo

O aspecto de um currículo é importante para avaliar o cuidado que o candidato teve para elaborar e apresentar a sua experiência. É possível, também, ver se o conteúdo é relevante, está organizado e é claro. Por outro lado, a formatação descuidada e os erros ortográficos demonstram falta de atenção e são aspetos a ter em conta.

Com tantos candidatos a surgirem diariamente, cada vez mais existem dificuldades em encontrar as pessoas certas. Por isso mesmo, é importante que as ofertas de emprego sejam transparentes. É preciso estabelecer prioridades e realizar pequenas triagens para reduzir o tempo de procura.

Por outro lado, estar muito tempo sem responder a um candidato, que tem potencial para trabalhar na empresa, é um risco que muitas empresas cometem. O ideal é manter o feedback para que essa pessoa não perca o interesse na oferta.

 

Artigo Sugerido

Laura Dávila

Responsável pela gestão de conteúdos de marcas e blogs. Sempre teve uma grande paixão pela escrita. Gosta de viajar, estar com os amigos e adora cozinhar.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos