Como lidar com pessoas que não se identificam contigo?

lidar com pessoas que não se identificam contigo

Provavelmente, já te aconteceu conheceres alguém que não se identifica contigo. No mercado de trabalho é comum existir alguns conflitos e mal-entendidos, entre colegas, que podem causar transtorno. Por isso, é importante encontrar formas de solucionar estes conflitos, é essencial sentires bem-estar no local de trabalho para não perderes a motivação.

Sem dúvida, que trabalhar com pessoas que não se identificam contigo, acresce em ti a pressão e é bastante incómodo.

Se estás a viver uma situação destas, descobre aqui como lidares com as pessoas que não se identificam contigo.

1 – Começa contigo

Por mais defeitos ou atitudes incorretas que uma pessoa possa a ter, reflete primeiro nas tuas atitudes. Sabemos que, as vezes, é difícil olhar para o nosso umbigo, mas é preciso ter consciência. Será que determinada pessoa mudou de atitude porque reagiste de maneira incorreta e nem reparaste nisso?

As vezes, temos hábitos e maneiras de falar que transmitem ideias erradas. Se achas que pode partir de ti, fala com alguém de confiança e pergunta pela sua opinião em relação a ti.

Se porventura tens atitudes a melhorar, trabalha nisso. Usa todas as experiências como uma oportunidade de cresceres e tornar-te numa pessoa melhor.

2 – Somos todos diferentes

É possível que exista algum colega que já tenha deixado claro que não se identifica contigo. Se assim for, tenta aceitar que nem todas as pessoas devem e têm que gostar de ti.

Não é o teu papel convenceres às pessoas a gostarem de ti, claro que deves continuar a ser uma pessoa educada e cordial, mas nunca deves deixar de ser quem tu és.

Tanto no teu local de trabalho, como na vida pessoal existem pessoas que te identificas mais e outras menos.

Por isso, não leves isto tão a peito, lembra-te que ninguém é perfeito e que as tuas imperfeições fazem parte de ti e tornam-te numa pessoa única.

3 – Mantém-te neutro

Se algum colega forçar a discussão ou o mau ambiente contigo, tenta manter-te uma pessoa neutra.

Responde sempre de forma profissional e sempre que achares que a conversa já está a tomar um rumo que leva ao conflito, tenta focar nos assuntos que interessam e conduz a conversa de forma positiva.

4 – Rodeia-te de pessoas de confiança

Conviver com pessoas que não nos identificamos pode sugar as nossas energias e causar um ambiente muito negativo.

Por isso, é importante que te rodeies de pessoas que gostes, que acreditem em ti e te valorizem.

Se continuas no teu trabalho é porque existem pessoas que acreditam nas tuas capacidades e como na vida sempre temos colegas mais próximos e outros mais afastados.

Os nossos colegas, muitas vezes, tornam-se a nossa família e refúgio. Fica perto de quem gosta de ti.

5 – Vê o lado positivo

Se trabalhas com alguém que não se identifica contigo, tens que ter alguma paciência. Não podes estar, constantemente, a pensar nas atitudes dessa pessoa e na falta de ligação que existe.

Caso tiveres que trabalhar ou participar da mesma reunião que essa pessoa, imagina que estás a conhecer essa pessoa pela primeira vez.

Por outro lado, se tiveres esta atitude, até é profissional da tua parte concordares ou valorizares alguma tarefa que essa pessoa tenha realizado corretamente ou elogiar as suas conquistas

Pensa fora da caixa, todos temos defeitos, feitios e histórias de vida diferentes, mesmo não podendo ser todos amigos, é possível vivermos todos em comunidade.

É importante aprendermos a aceitarmos e perceber que nem tudo pode ser como queremos, mas que existe solução para tudo nesta vida.

Artigos sugeridos

Laura Dávila

Responsável pela gestão de conteúdos de marcas e blogs. Sempre teve uma grande paixão pela escrita. Gosta de viajar, estar com os amigos e adora cozinhar.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos