Employer branding: o que é e como implentar

employer branding

Employer branding é um assunto cada vez mais discutido e abordado, sobretudo por grandes empresas. Saiba como funciona esta estratégia.

A estratégia do employer branding acaba por se traduzir na capacidade de atrair pessoas realmente talentosas, para compor o quadro das empresas. No fundo, na capacidade e perspetiva de formar equipas de alto desempenho.

Este conceito enquanto estratégia prática, une os departamentos de recursos humanos e de marketing de uma empresa, de forma a construir a reputação dessa organização como entidade empregadora, além dos produtos e serviços que já atuam na respetiva área de negócio.

Comunicação interna: conheça a importância para a sua empresa

Como implementar o employer branding?

Esta questão do employer branding já tem sido discutido no mundo dos recursos humanos há alguns anos. A transformação digital das organizações fez que com o processo de implementação fosse feito em conjunto com outras áreas da empresa.

O employer branding é uma ferramenta utilizada pelas empresas, para apresentarem e promoverem de forma atrativa a sua marca e valores enquanto empregador. Ou seja, convencer profissionais de topo a trabalharem na organização. É a reputação que a marca tem no mercado, enquanto empregador.

Uma estratégia eficaz de employer branding deve estar nos projetos de todas as empresas que queiram ser um referência no que diz respeito à retenção dos melhores talentos. É importante divulgar a sua cultura organizacional, valores e proposta de valor enquanto empregador.

Este último ponto inclui detalhes como o salário, benefícios, formação, oportunidades de progressão na carreira, etc.

Estratégia de employer branding

O poder de uma marca, relativamente ao seu employer branding pode ser analisado do ponto de vista interno ou do ponto de vista externo. O primeiro ponto foca-se no que os atuais colaboradores têm a dizer sobre a instituição. O segundo, verifica-se através de estudos de mercado, que avaliam os melhores locais para trabalhar, de acordo com alguns critérios.

Impulsionar o employer branding

É importante ter em atenção os seguintes critérios, e escolhas:

  • Conhecer bem a cultura da empresa – hábitos, crenças e valores internos que guiam os funcionários;
  • Fazer dos funcionários os protagonistas – os colaboradores têm de ser os embaixadores da marca e eles próprios vão ajudar a atrair novos e bons talentos;
  • Criar uma página de carreiras – onde estão centralizadas todas as informações mais importantes sobre a empresa, tanto para os colaboradores, como para os candidatos;
  • Divulgar vagas em vários canais – mais resultados, maior variedade de candidatos, contacto mais próximo;
  • Tratar bem os candidatos no processo seletivo – manter uma boa comunicação, feedbacks consistentes e constantes.

Guia Jobinice: Boas Práticas de Recrutamento e Seleção

A definição da estratégia de employer branding é fundamental enquanto prática de recursos humanos.

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos