Felicidade no trabalho: descobre o que fazer para manter a motivação

felicidade no trabalho

O que é, no fundo, a felicidade no trabalho? Tal como em todas as relações, os altos e baixos marcam o laço que nos une ao trabalho, mesmo que estejamos a exercer a função dos nossos sonhos.

A fase da paixão e da lua-de-mel têm um fim. Não estamos a falar de um casamento. Estamos mesmo a relacionar esta noção com a tua carreira e vida profissional. E a relação que manténs com o teu trabalho também implica algum esforço e criatividade.

Com isto não se quer dizer que não gostes do teu atual emprego ou trabalho. Se esse é o caso, pode estar na hora de mudar, de procurar por outras ofertas. Mas com o tempo, é bastante natural começar a ficar mais desanimado com a rotina e com uma menor sensação de realização.

6 filmes que vão inspirar e motivar a tua carreira

5 maneiras de manter a motivação e felicidade no trabalho

1. Mudar a rotina

Manter ou reforçar a felicidade laboral pode e deve implicar mudanças, que por mais pequenas que sejam, podem ser o suficiente para potenciar motivação. Experimentar novas tarefas, talvez mudar a ordem de execução dessas mesmas tarefas. possa ser uma ajuda preciosa.

2. Desenvolver novas competências

O aborrecimento e frustração pode vir no seguimento de uma incapacidade de executar determinadas tarefas, de uma falta de atualização de competências. Fazer um curso online, encontrar um hobby que até pode ser útil a nível profissional, ou propôr formação junto da entidade empregadora, pode ser o suficiente para melhorar a qualidade de vida e felicidade no trabalho.

5 livros de empreendedorismo que deves ler agora

3. Cultivar relacionamentos existentes e criar novos

Um ambiente profissional/organizacional onde impera a boa disposição, a confiança, o respeito mútuo entre todos os colaboradores e chefias, é incrivelmente importante. Não só é positivo para o trabalho em equipa, como também é recompensador a nível pessoal. Nas relações interpessoais bem cimentadas, pode-se falar livremente e pensar de forma mais criativa.

4. Comunicar com as chefias

Não deixes as conversas que deves ter com o teu chefe para as revisões anuais, ou para momentos mais solenes. Dá-lhes a conhecer os teus objetivos profissionais e pede-lhes que participem e deem feedback. Ao mesmo tempo que te manténs relevante, estás a conseguir perceber de que forma melhorar.

5. Manter uma rotina de self-care

Combater uma rotina com consequências menos boas, com outra que vai ter um impacto bem mais positivo, pode ser a solução que procuras. Cria momentos e rotinas de self-care ao longo do dia ou da semana. Dar uma volta a pé durante a hora do almoço, fazer uma massagem ao final do dia, distribuir as férias ao longo do ano… Pequenos momentos de prazer que tornam o dia-a-dia e vida profissionais mais agradáveis.

 

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos