Lidl criou quase 14 mil empregos no Norte do país

lidl empregos norte

A marca de retalho contribuiu com cerca de 2,5 mil milhões de euros para a riqueza regional do norte, nos últimos cinco anos.

Segundo um estudo da consultora KPMG, os supermercados Lidl contribuíram com mais de 2,5 mil milhões de euros, durante os últimos cincos anos, para o norte do país. A cadeia de supermercados alemã teve um impacto bastante significativo nesta região.

Em 2018, o contributo da empresa foi de mais 630 milhões de euros. A taxa média de crescimento anual do contributo do Lidl na criação de riqueza foi de 9%. O impacto direto no PIB da região foi de 57%, ou seja, 359 dos 630 milhões de euros gerados em 2018.

Programa Lidl Summer Experience com bolsas de 800 euros

Criação de 14 mil postos de trabalho

Existem 77 lojas Lidl no norte de Portugal. Nestes supermercados, entre 2014 e 2018, foram criados quase 14 mil empregos. O estudo da KPMG indica que por ano, em média, foram criados 1460 postos de trabalho. Isto entre 2015 e 2018.

Segundo os dados divulgados, durante o ano passado, cada euro gasto pela cadeia alemã, para dinamizar atividade no norte, “foram gerados 1,76 euros”. Por cada posto de trabalho “foram gerados adicionalmente 6,1 novos empregos”. O impacto na criação de postos de trabalho foi de 14%. Significa que, dos 13.990 novos postos de trabalho criados criados em toda a região norte, entre 2015 e 2018, cerca de 1960 foram para posições nas lojas Lidl.

A empresa está a construir um novo entreposto na região, em Santo Tirso. Este projeto representa um investimento de 70 milhões de euros. A conclusão está prevista para 2020 e terá capacidade para abastecer mais de 100 lojas.

Outras notícias

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos