Marketing Pessoal: o que é e porque é tão importante para a tua carreira

Marketing Pessoal

O Marketing Pessoal é a tua marca pessoal. É a como te diferencias no mundo do trabalho. De que adianta seres um excelente profissional, dedicado, pontual e envolvido com a cultura da empresa se não souberes apresentar-te como tal? 

Com o mercado de trabalho em constante desenvolvimento e alteração, como podes destacar-te e tornar-te numa referência da tua área? O Marketing Pessoal tem-se tornado num diferencial competitivo que, com as suas estratégias, te podem ajudar a comunicar as tuas mais valias e a valorizar os teus pontos fortes.

Sabes promover-te? O sucesso profissional e uma boa carreira, dependem, também, da capacidade de autopromoção. Queres ser o melhor? Age como tal, sabe como cativar quem te rodeia, sê um bom colega de trabalho, justo e competente. Todos estes elementos fazem parte da estratégia de Marketing Pessoal e ajudam a construir a imagem que cada uma das pessoas com quem lidas no teu dia a dia profissional tem de ti.

Desenvolvimento pessoal e profissional: constrói a tua carreira de sucesso

Marketing pessoal: o que é?

O Marketing Pessoal pode ser entendido como o conjunto de estratégias e ações que planeamos e desenvolvemos com o objetivo de melhorar a nossa imagem no ambiente de trabalho.

Neste âmbito, não interessa apenas a aparência, apesar de ser um ponto importante, mas, também, comportamentos, atitudes, rede de relações profissionais e conhecimento técnico da nossa área de trabalho.

No fundo, são todas aquelas características que nos definem como pessoas – as competências interpessoais e as soft-skills –  porque, no mundo profissional nos relacionamos todos os dias com pessoas, em conjunto com as nossas competências específicas de trabalho. O conhecimento académico, a experiência profissional, as funções que temos desempenhado e o know-how que dai retiramos.

Assim, o Marketing Pessoal é um processo que nos permite utilizar as nossas qualificações, capacidades e competências para criar uma marca pessoal que nos ajuda a diferenciar e a evoluir na carreira.

10 soft skills importantes para o futuro [inclui infografia]

Marketing pessoal: porque é tão importante para a tua carreira?

Porque te permite definir e trabalhar no sentido de te destacares, de valorizares o teu desempenho e o modo como o mercado de trabalho te vê.

Atrair, conquistar, desenvolver relações, melhorar constantemente a tua imagem, destacar os teus fatores distintivos e pontos fortes. Estas estratégias podem ajudar-te:

  • a conquistar o primeiro emprego,
  • a conquistar uma nova posição ou
  • a atingir objetivos específicos no teu atual emprego.

Os 10 Mandamentos do Marketing Pessoal (*)

1° Liderança

Trata-se do poder de influenciar as pessoas. De seres uma boa influencia sobre os teus colegas de trabalho.

2° Confiança

É a capacidade de transmitir segurança, de modo a que sejas procurado pelos outros para encontrar soluções.

3° Visão

Teres perceção critica das coisas; compreenderes porque se fazem as coisas de uma forma e não de outra. Fazer sugestões de melhoria continua nos processos de trabalho.

4° Espírito de equipa

Saber trabalhar em conjunto; ajudar os colegas desinteressadamente. Mostrar disponibilizar para ajudar sem seres solicitado.

5° Maturidade

Trata-se da capacidade de resolveres conflitos sem prejudicar ou culpabilizar os outros.

6° Integridade

É a consciência de fazeres o teu trabalho sem prejudicar ninguém.

7° Visibilidade

Seres voluntário, participar em apresentações, atividades, projetos e tarefas que permitam enfrentar novos desafios e crescimento.

8° Empatia

Quando sabes elogiar e reconheces os méritos da equipa, valorizando o trabalho dos colegas e aprendendo com eles.

9° Otimismo

Manter um pensamento positivo. Saber lidar com as críticas e ter uma postura positiva face aos desafios.

10 ° Paciência

Saber lidar com calma com as pessoas e situações. Saber identificar as oportunidades para agir no momento certo.

Dicas de marketing pessoal para ter sucesso profissional

1. Define bem os teus objetivos

Qual o próximo passo na tua carreira? Arranjar um estágio? Encontrar o primeiro emprego? Procurar uma oportunidade numa grande empresa no exterior? Mudar de área? Reforçar competências numa determinada área com a ajuda de profissionais experientes ou numa empresa de grande dimensão?

Depois de determinares o que queres fazer, será mais fácil definir o teu caminho e conhecer os passos que deves tomar para cumprires o teu objetivo final.

2. Como estão as tuas capacidades de comunicação?

Independentemente do objetivo final, todos precisamos de ter boas capacidades de comunicação. Cada vez mais, trabalhamos em rede, em equipa. Para conseguirmos cooperar uns com os outros, temos que saber como nos relacionar com os outros.

Como “fala” a empresa onde trabalhas ou onde gostavas de trabalhar? Os teus colegas usam ou discurso mais descontraído ou mais formal? É necessário registar todas as ações por escrito ou as decisões são tomadas em reuniões e cada um faz o que lhe compete reportando no final?

Sempre que usares a escrita, tem em atenção a linguagem e a correção ortográfica. Emails ou minutas devem ser revistos, escritos de forma clara e com uma linguagem correta. Estas indicações são válidas para qualquer tipo de ambiente, seja ele mais ou menos formal.

3. Como está essa inteligência emocional?

A forma como os teus colegas de trabalho se lembram de ti é fundamental. Não só para facilitar o trabalho no dia a dia mas, também, quando aparece a oportunidade de seres recomendado para uma nova função ou para mudar de emprego.

As pessoas recordam-se umas das outras pela forma como são tratadas, seja pela positiva ou pela negativa. Portanto, é essencial que te relaciones demonstrando atenção, simpatia, ponderação e sinceridade. Ser autentico e transparente, justo e prestar atenção aos outros é um investimento que nunca fica sem retorno.

4. Tens as qualificações necessárias?

Seja para encontrar o teu emprego de sonho, para subir na hierarquia da empresa ou para desempenhar com eficiência a tua função, ser qualificado para a função é essencial. Se, em algum momento, sentes que estás a precisar de reciclar os teus conhecimentos, dá o primeiro passo.

Atualmente, há tanta informação online e acesso a redes de profissionais que, facilmente, te podes atualizar sobre as mais recentes novidades da tua área de negócio. Só assim te tornas num profissional competitivo e que sabe do que está a falar.

5. Como está esse visual?

O visual é fundamental para deixar uma boa primeira impressão. Antes de teres oportunidade de dares a conhecer outras mais valias.

Em qualquer lugar, em qualquer emprego, há regras base para convivermos com outras pessoas. A aparência é uma delas. Quando falamos neste aspeto, não estamos a pensar em roupas de marca, acessórios caros ou um perfume top. Estamos, isso sim, a falar de cuidados pessoais.

Cabelo cuidado, estilo de roupa adequado à cultura da empresa, perfume discreto, barba desfeita. Decotes pouco pronunciados ou saias demasiado reveladoras, são de evitar. Ou seja, devemos ser pessoas agradáveis no convívio e, no visual.

6. Cuida da sua rede de contactos profissional

Este é um ponto essencial para a tua gestão de carreira. A tua rede de contactos. Esta, pode ser feita com os teus pares e com pessoas que estão num nível hierárquico mais elevado. As recomendações do teu perfil irão ajudar-te a posicionar a tua imagem profissional.

Mantém a tua base de contactos ativa e atualizada. Ser cortês com todos eles. Escreve de modo cuidado, com uma linguagem profissional. Partilha apenas que interessa para a esfera profissional. Segue grupos com os mesmos interesses profissionais e onde te possas cruzar com outros membros da mesma área.

Acelera o teu crescimento profissional em 10 passos

(*) Adaptado de Gehringer, 2007

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos