Mia Rose

mia rose

Quem é Mia Rose? É compositora, cantora, influenciadora digital, ou um mix de todas estas opções? Um exemplo de empreendedorismo e visão, é a nossa história de sucesso desta semana.

Não será errado afirmar que Mia Rose, ou Maria Antónia Teixeira Rosa, foi uma das primeiras Youtubers de sucesso no mundo do digital. Aquilo que Mia começou a fazer em 2006, sobretudo relacionado com música, é hoje uma profissão: influenciadora digital.

Mia nasceu em Londres, em 1988, filha de mãe portuguesa e pai inglês. Mudou-se definitivamente para terras lusas aos nove anos. A veia de cantora e atriz que a tornaram conhecida do grande público, já dava mostras de existir, nesta idade. Já em Portugal juntou-se à também cantora Ana Free, amiga de escola e criou uma banda.

Ao regressar a Inglaterra para ingressar no ensino superior, continuou a cantar em festas académicas e bares londrinos. Foi durante as férias de Natal de 2006, que Mia Rose carregou o seu primeiro vídeo no Youtube. A plataforma era ainda muito recente, tinha apenas um ano, mas o sucesso não se fez esperar.

Guia Jobinice: Histórias de Sucesso

Mia Rose: do Youtube ao contrato discográfico

Podemos dizer que Mia Rose está entre os primeiros sucessos do Youtube, ao ser descoberta, através dos seus vídeos de covers, por editoras discográficas. Partiu quase de imediato para os EUA, com propostas de editoras. A primeira foi a Universal Music, com quem chegou a trabalhar. A recessão económica de 2008 afetou também a indústria da música, e Mia acabaria por descobrir outras editoras.

Apesar das propostas de sucesso, Mia Rose preferiu ir traçando a sua carreira “por conta própria”. Algo que não impediu que em três anos, os seus vídeos tivessem mais de 100 milhões de visualizações. O seu canal atingiu mais de 200 mil pessoas, o que na altura, estava reservado para artistas como Beyoncé ou os Black Eyed Peas.

Em Maio de 2009, Mia gravou e auto-promoveu o seu primeiro single “Let Go”, lançando o tema na loja iTunes Portugal, onde rapidamente se tornou no download mais vendido do ano, alcançando o segundo lugar no top português. É interessante perceber que a carreira musical de Mia Rose foi sempre muito interativa. Os fãs participavam na escolha de singles e nas imagens de capas dos CDs.

A carreira de atriz também surgiu quando em 2011 foi convidada a fazer parte de uma série do canal brasileiro Globo. Ao longo dos últimos anos tem feito também trabalhos de dobragem. Ficou conhecida pelo papel de jurada na versão portuguesa do concurso The Voice, transmitido na RTP.

Também em 2011, lançou um livro: “Mia Rose – 15 passos para ser uma estrela na música“. Este projeto é algo que a própria destaca como um projeto de paixão. Antes de embarcar nas oportunidades musicais, estava a estudar Jornalismo, Comunicação Social e Literatura Inglesa.

Crescimento digital

Os covers nunca desapareceram da vida de Mia, cujo canal original se mantém aberto até hoje. Entretanto a presença digital foi aumentando, com a criação de um site oficial, de um blog, La Sonatina, de um segundo canal no Youtube, com uma vertente mais pessoal, ligado ao lifestyle e dicas de beleza, e de um canal em inglês, do mesmo género.

Todos os conteúdos são da sua autoria. Para Mia, o futuro guarda mais músicas, projectos na área da escrita.

De salutar o crescimento natural e orgânico de uma carreira de influenciadora e das oportunidades que surgem num percurso profissional dos nossos tempos, ainda a ser desbravado.

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos