Primeiro emprego: 6 dicas para garantires o teu lugar

A vida de estudante acabou e está na hora de entrar no mercado de trabalho. Um momento que é sem dúvida marcado pela ansiedade, mas para o qual te deves preparar. Sabe como garantir o teu lugar!

Organização, motivação, persistência… Três palavras que devem guiar a procura pelo primeiro emprego. Agora que a etapa académica tradicional terminou, a entrada no mercado de trabalho é a prioridade de muitos jovens.

Damos-te algumas dicas úteis para enfrentares este novo período da tua vida. Sabe como podes garantir o teu lugar, no primeiro emprego!

A procura do primeiro emprego: 6 dicas úteis

1. Reforça o currículo

Claro que a elaboração do CV é essencial e o primeiro passo para encontrar emprego. É provável que já tenhas elaborado algum, mesmo que num modelo mais básico e comum. Manter o currículo atualizado é sinónimo que te manténs também a par das necessidades do mercado.

Como tens pouca ou nenhuma experiência profissional, aproveita para dar alguma relevância ao percurso académico e a componentes que possam ter contribuído para a tua formação. Falamos de voluntariado ou trabalho em associações, por exemplo, para que possas demonstrar as tuas capacidades de trabalhar em equipa, liderança ou gestão de atividades.

Lembra-te que o teu currículo é o primeiro reflexo de quem és enquanto profissional, do ponto de vista das empresas.

5 sugestões para colocar a experiência de trabalho no CV

2. Fortalece os teus perfis “profissionais” nas redes sociais

Nomeadamente o LinkedIn. Esta pode ser uma ferramenta extremamente útil na procura de primeiro, nomeadamente numa fase em que a tua carreira está a arrancar. Esta rede profissional é essencial para estar ativo no mercado de trabalho.

É muitas vezes através do LinkedIn que os recrutadores ficam a saber quem está disponível no mercado de trabalho, que publicam ofertas de emprego ou se entra em contacto com possíveis novos colaboradores.

Como procurar emprego no LinkedIn

3. Filtra os anúncios

É importante relembrar que a procura de emprego deve ser diversificada e constante. Mantém o foco, para que consigas ter sucesso. Tem alguma atenção aos anúncios que estás a ler e procura ferramentas de pesquisa fidedignas. Podemos ajudar-te aqui no Jobinice!

4. Aposta em formação

Oportunidades de formação e voluntariado são sempre bem-vindas em qualquer currículo, e muito apreciadas por todos os empregadores. Terminar os estudos não significa parar de procurar oportunidades de aprendizagem e reforço de competências. Procura cursos de línguas, formação digital e outras oportunidades que se adequam à tua área de atuação.

Guia Jobinice: Histórias de Sucesso

5. Procura estágios profissionais

Um estágio profissional é uma excelente oportunidade para desenvolver competências em contexto de trabalho. Assim como para ter o primeiro contacto com a dinâmica da realidade profissional.

Por um lado és colaborador, mas por outro és um estagiário a ser formado, é o melhor de dois mundos para quem está a entrar no mercado de trabalho. Os interessados devem estar obrigatoriamente inscritos no centro de emprego. Consulta o nosso artigo, para te informares acerca da legislação em vigor.

Tudo o que precisas de saber sobre estágios profissionais em 2019

6. Prepara entrevistas

Ao receberes respostas às tuas candidaturas e pedidos de entrevista, deves saber prepará-la com antecedência. Conhecer bem a empresa, perceber claramente o anúncio, e saber “vender” as tuas competências. Preparar entrevistas é fundamental e em qualquer fase da vida profissional, é um passo que não pode ser ignorado.

Fica com os nossos conselhos para uma entrevista de emprego bem-sucedida, e conhece o nosso serviço de simulação de entrevistas.

10 perguntas mais frequentes numa entrevista de emprego

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos