Como recrutar usando as redes sociais?

recrutar usando as redes sociais

As redes sociais são muito usadas por empresas para recrutamento. Existem várias vantagens nesta prática. Conheça as vantagens.

O papel das redes sociais no mundo do trabalho é tão ou mais importante para empresas e recrutadores, como é para futuros colaboradores. Além da possibilidade de publicar anúncios e atingir uma maior número de interessados, a pesquisa da presença cibernética de alguém fica mais facilitada.

As empresas podem e devem recrutar usando as redes sociais, já que lhes oferecem um conjunto de vantagens bastante interessante. Ainda assim, o excesso de informação pode dificultar o processo. Perceba como proceder de uma forma correta.

Vantagens de recrutar usando as redes sociais

  • Permitem atingir um maior número de candidatos;
  • Facilitam os processos de recrutamento. É possível marcar conversas ou entrevistas sem ser obrigatória a presença física dos envolvidos;
  • Permitem fazer um background check ao candidato;
  • Permitem transmitir informações em quantidade e em qualquer período do dia;
  • Contribuem para construir e melhorar o reconhecimento da marca, trabalhar o seu branding e comunicação em termos de recursos humanos;
  • Redes como o LinkedIn permitem ter acesso às competências dos candidatos e filtrar aqueles que melhor correspondem ao que é pedido na oferta.

Talento ou competências: o que valorizar?

Estabelecer uma estratégia de recrutamento nas redes sociais em 4 passos

1. Identificar objetivos

Partindo do princípio que a presença da empresa nas redes está já ativa, é importante clarificar o que é que esta pretende. Estabelecer objetivos a curto e longo prazo. Utilizar redes sociais como LinkedIn e Facebook e publicar informações relevantes e coerentes sobre a empresa torna-se fundamental para que os candidatos fiquem cientes da vaga e do que podem esperar da empresa.

2. Definir a cultural organizacional da empresa

Comunicar os valores da empresa, os resultados e performance no mercado é fundamental para estimular e atrair talentos para lá trabalhar. Mantenha as redes sociais atualizadas. Use conteúdo interessante, e tenha uma identidade visual em linha com a cultura organizacional, transmitindo isso nos canais de comunicação digitais.

3. Deixar as expetativas claras

Mais uma vez, a transmissão de informações claras e precisas é o mais importante. Estabelecer e transmitir aos candidatos o que é pretendido, tanto da função para a quel está a recrutar , como da empresa num todo, transmite credibilidade e ajuda a atrair os bons profissionais.

4. Manter uma base de dados de hipotéticos candidatos

Um departamento de recursos humanos pode usar as redes sociais para construir uma base de dados de possíveis interesses em termos de candidatos. Analisar perfis de redes sociais, sobretudo aquelas com cariz profissional, é uma maneira de pré-selecionar candidatos.

Guia para entrevista de emprego

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos