Soft skills – o que são e como valorizam o teu CV

soft skills cv

Já abordámos o papel importante das soft skills e em que medida se distinguem das hard skills. Percebe como é que estas competências valorizam o teu CV.

Em processos de recrutamento e seleção existe sempre a preocupação em identificar nos candidatos, competências como capacidade criativa de resolução de problemas, trabalho colaborativo, inteligência emocional, capacidade de organização, capacidade de análise global, proatividade, integridade e compromisso.

Estas são as chamadas soft skills. Competências interpessoais, intrínsecas e individuais de cada um, que são valorizadas pelas empresas e que podem fazer a diferença entre ser contratado, ou não. Incluir soft skills no currículo é uma estratégia bastante inteligente, no sentido de valorizar uma candidatura e “comprovar” como uma pessoa se pode enquadrar, ou não, numa equipa.

O que faz de ti um profissional top?

As soft skills numa perspetiva de recrutamento

As soft skills são, obviamente, de avaliação mais subjetiva e mais difícil de avaliar. Os recrutadores só podem fazer a correta gestão das expetativas das soft skills que estão detalhadas no CV, ao saber como elas são aplicadas.

Ou seja, quando te fazem determinadas perguntas nas entrevistas de recrutamento e seleção, como por exemplo, como resolves um problema, ou respondes perante uma situação de crise.

Quando apresentas uma candidatura, garante que o teu currículo e carta de motivação e/ou apresentação, têm o devido destaque dado às tuas competências, tanto as hard como as soft.

Apresentar ou descrever situações práticas, personalizadas a cada vaga de emprego à qual te candidatas, é também recomendado. Damos-te a conhecer algumas das soft skills mais valorizadas, atualmente.

6 vantagens da formação profissional para o teu currículo

As soft skills mais valorizadas pelos recrutadores em 2019

1. Pensamento crítico

Ganhar autonomia é essencial em qualquer circunstância profissional, por isso é preciso ter a capacidade de questionar diversas situações e tomar decisões assertivas. Mais do que simplesmente executar, deves questionar e realmente entender quais são as tuas responsabilidades e porquê. É importante questionar as ações para melhor as executar.

2. Criatividade

A criatividade, ao longo dos anos, tem vindo a ser uma das soft skills mais valorizadas.

O avanço tecnológico, o surgimento de novos empregos, os novos media provocaram o surgimento de novas ideias e métodos de trabalhar que exigem engenho e imaginação.

3. Coordenação

As inúmeras tarefas, os cumprimentos de prazos e o alcance de metas requer que o trabalhador seja coordenado, profissional e organizado.

4. Inteligência emocional

A inteligência emocional permite a uma pessoa ter controle daquilo que está à sua volta. Para além de conter uma grande capacidade de adaptação, conseguindo manter uma boa relação com os outros. Isto tudo são competências extremamente necessárias para o trabalho competitivo dos dias de hoje.

5. Gestão de pessoas

A colaboração, a partilha e o trabalho em equipa são fundamentais para obter resultados. Ter ainda a capacidade de gerir pessoas de forma a que sejam produtivas e estejam motivadas mostra eficácia em liderar.

6. Resolução de problemas complexos

Diariamente, tomamos decisões e resolvemos problemas. Esta soft skills vem no seguimento da questão do pensamento crítico.

7. Capacidade de comunicação

Uma das soft skills mais valorizadas em 2019 é a capacidade de comunicação. Ou seja, profissionais que consigam novos contactos com facilidade e estabeleçam relações positivas com quem os rodeia. É importante saber influenciar as outras pessoas vendendo não só ideias, mas também projetos, produtos e serviços.

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos