Soft skills vs hard skills – qual a diferença?

soft skills vs hard skills

Tanto as soft skills, como as hard skills, têm peso no currículo e são importantes para os recrutadores. Sabes qual é a diferença entre os dois tipos de competências?

Durante os processos de candidatura a uma oferta de emprego, e candidatura, futuros empregadores, e recrutadores, reparam em duas componentes importantes, nos currículos dos candidatos: as soft skills e as hard skills.

No CV, estes dois conjuntos de skills, ou competências, devem ser destacados. Para uma melhor organização dessas informações, é importante saber distinguir o que são soft skills vs. hard skills.

O que faz de ti um profissional top?

Soft skills vs. Hard skills

A diferença entre estes dois conjuntos de competências, é básica e facilmente explicada. As hard skills são competências adquiridas, num ambiente académico, ou profissional, através de livros ou demonstrações práticas.

Basicamente, tudo aquilo que recolhemos durante os anos de ensino e formação: licenciatura em determinada área, mestrado, conhecimentos de línguas estrangeiras, softwares dominados, e outras capacidades técnicas.

Já as soft skills, incluem aspetos mais subjetivos, e são as mais difíceis de avaliar. São as chamadas competências interpessoais, tais como, capacidade de comunicação, flexibilidade, capacidade de liderança, organização, motivação, paciência, ética laboral, métodos de trabalho, etc.

As hard skills são facilmente listadas no currículo, ou detalhadas numa carta de apresentação. É fácil, para um empregador ou recrutador reconhecer e assimilar essas informações. as soft skills já implicam observação e contacto pessoal.

Ou seja, é requerido ao candidato conhecimentos de uma linguagem de programação informática. Ele comprova esses conhecimentos com um diploma, com uma classificação. Contudo, essa mesma prova não atesta o método nem a ética de trabalho deste candidato. É importante demonstrar que as soft skills existem, durante a aplicação das hard skills.

O que os empregadores procuram

Apesar da importância da shard skills, é um facto que os empregadores dão cada vez mais importância às soft skills. Porquê? Porque as hard skills podem ser adquiridas em qualquer altura, podem ser treinadas, podem ser ensinadas. Uma soft skill é, à partida, inata.

Encontrar um bom equilíbrio entre os dois grupos de competências é o ideal para qualquer empregador. Candidatos com este conjunto de habilidades são muito competitivos numa economia com o foco na tecnologia, em constante evolução.

Marketing Pessoal: o que é e porque é tão importante para a tua carreira

Como destacar as competências no CV

Garante que o teu currículo e a tua carta de motivação e/ou apresentação, têm o devido destaque dado às tuas competências, tanto as hard como as soft. Inclui no CV,. áreas completamente dedicadas a listar competências específicas que tenham impacto na posição para a qual te candidatas.

O mesmo deve acontecer na carta de apresentação. Apresentar ou descrever situações práticas, personalizadas a cada vaga de emprego à qual te candidatas, é também recomendado. Durante as entrevistas, também não deves deixar de ter esta preocupação.

Acompanha os nossos artigos ao longo do mês de outubro, para mais conteúdos relacionados com a importância das competências, ou skills, na vida profissional.

Artigos sugeridos

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos