Sou licenciado, e agora?

Licenciado e agora?

Finalmente sou licenciado, e agora? Seja uma licenciatura ou um mestrado, muitas pessoas ficam sem saber o que fazer quando terminam um curso Universitário.

Se não tem noção do que fazer depois de se licenciar, não desespere. As opções são muitas e seja para licenciados ou não licenciados, as oportunidades nunca foram tantas!

Há gostos para tudo e muitos dos caminhos a seguir não obrigam a que seja licenciado, a que tenha habilitações académicas. Nos casos em que a habilitação académica mínima tem que ser uma licenciatura isso não significa que a mesma tenha que ter algum tipo de especificidade.

Competências que pode adquirir academicamente

Não existe uma regra que diga que ter um diploma vai fazer de si um colaborador ou um empreendedor melhor. Contudo há algumas competências que os graduados de fresco, à partida, terão adquirido na Universidade. Pertencer durante alguns anos a uma faculdade significa ter a oportunidade para crescer e o tempo para aprender a desenvolver competências pessoais que podem ser úteis no mercado de trabalho.

De acordo com um artigo publicado pelo Target jobs, o convívio com pessoas de outras idades e de outras culturas num ambiente académico contribui para o desenvolvimento de inteligência emocional, de empatia e até de alguma ”sensibilidade”.

Características que podem fazer a diferença no mercado de trabalho. Representa para o empregador que, à partida, sabe comunicar e sabe o que é preciso para ser um bom elemento de equipa. Para além disso, espera-se que alguém com um curso superior consiga elaborar Relatórios, Planos, Projetos, entre outros, e que as suas capacidades de investigação e escrita estejam desenvolvidas. Algo que pode ser muito útil no mercado de trabalho.

Ir para a Faculdade garante-me trabalho?

Nos dias de hoje, ter formação académica por si só, não significa arranjar trabalho, mas pode ajudar. O facto de ter frequentado um curso superior pode transmitir a quem recruta que sabe trabalhar sob pressão, que consegue apresentar e comunicar informações oralmente e visualmente.

Pode, contudo, exercer profissões que não requerem uma licenciatura especifica na área, por exemplo:

  • Gestão: muitas empresas procuram profissionais formados em Gestão, para depois treiná-los (logística, serviços públicos e/ou privados, retalho, entre outros);
  • Tecnologias de Informação: não são profissões só para IT ou developers, mas também analistas, consultoria e comercial. São peças importantes no diálogo entre clientes e empresas;
  • Serviços Financeiros Profissionais: sim, é verdade. Pode trabalhar numa empresa que preste serviços financeiros sem ter um diploma especifico. Normalmente estas empresas fornecem formação interna própria;

Em suma, pode arranjar um emprego, seguir uma carreira com ou sem habilitações académicas, mas ter algum tipo de formação pode ajudar a sua vida pessoal e profissional.

Aproveite para procurar no Jobinice o seu próximo trabalho. Pesquise e encontre a profissão dos seus sonhos.

Artigo sugerido

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos