Taxa de desemprego jovem regista aumento

taxa de desemprego jovem

O Instituto Nacional de Estatística (INE) registou uma ligeira descida durante o mês de julho, segundo as previsões. Ainda assim, a taxa de desemprego jovem registou um aumento.

Foram divulgadas as estimativas provisórias da taxa de desemprego relativa ao mês de julho, do INE. Os valores parecem apontar para uma descida entre junho e julho, algo que não se registou para os jovens entre os 15 e os 24 anos.

Tonic App: startup portuguesa recebe 3,5 milhões de euros de investimento

Taxa de desemprego jovem a aumentar

Segundo o INE, o desemprego nacional deverá descer para os 6,5 pontos percentuais, relativos ao mês de julho. Apesar de continuar a descer, a progressão parece estar a abrandar. Esta é a descida mais “fraca” desde o verão de 2013.

Mesmo com sinais de estagnação, esta é uma evolução positiva. Em julho, a estimativa provisória da população empregada correspondeu a 4840,7 mil pessoas. O número corresponde a um aumento de 0,2% (9,3 mil pessoas) em relação ao mês anterior.

Para o mês de julho, a população desempregada foi estimada em 336,8 mil pessoas, o que representa uma diminuição de 4,5% relativamente ao mesmo período do ano passado. Contudo, a taxa de desemprego jovem foi contra esta tendência.

Nos jovens entre os 15 e os 24 anos, a taxa de desemprego registou uma subida de 0,7 pontos percentuais face ao mês de junho, alcançando os 19,3%.

As estimativas mensais do INE são ajustadas dos efeitos de sazonalidade laboral.

Outras notícias

Júlia Rocha

Gestora e criadora de conteúdos para marcas, com paixão por grandes histórias. Nunca sai de casa sem papel e caneta, e adora longas viagens.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos