Tenho telemóvel da empresa, sou obrigado a atender? Esta e outras dúvidas

telemóvel da empresa

Tens telemóvel da empresa e recebes chamadas de trabalho fora do horário laboral? O direito a desligar é teu.

Em tempos tão competitivos, nem sempre é fácil gerir adequadamente a vida pessoal e profissional. Para facilitar o rápido contacto de trabalho à distância, há empresas que disponibilizam telemóvel particular aos funcionários.

Esta é uma situação normal e perfeitamente possível. Além disso, ajuda os trabalhadores e empregadores na prossecução da sua atividade e na conjugação da sua vida profissional e pessoal.

Contudo, a propriedade dos telemóveis não confere ao empregador a legitimidade de obrigar os trabalhadores a estarem sempre contactáveis, 24 sobre 24 horas. O empregador deve, por norma e, na medida do possível, respeitar o horário de trabalho estabelecido e não interromper o tempo de lazer e descanso do trabalhador.

Naturalmente que diferentes funções pressupõem uma maior ou menor disponibilidade, mas sempre dentro de determinadas regras e contra o pagamento de compensação. Fora disto pode estar em causa a prestação de trabalho suplementar, que deverá ser devidamente remunerado.

Ademais, é importante lembrar que a utilização abusiva dos telemóveis nas relações laborais compromete a saúde, a qualidade de vida e a participação cívica, social e cultural dos trabalhadores.

Estabelecer limites e condições é essencial. Caso contrário, não demorará muito a que a pressão origine mal-estar psicológico e emocional, podendo levar, mais tarde ou mais cedo, à exaustão profissional.

Técnica Pomodoro: sabes o que é?

Artigos sugeridos

Sara Gonçalves

Comunicadora por natureza, tem três grandes paixões: as pessoas, a escrita e a música. Motivada pela ânsia de aprender sempre mais, é uma pessoa de desafios e acredita muito no lado bom da vida.

Este artigo foi útil? Partilha com os teus amigos